Curtir e Compartilhar:

KANAZAWA – Um urso atacou quatro pessoas com idades entre 50 e 90 anos e danificou um carro da polícia na sexta-feira (16) antes de ser morto a tiros, segundo a polícia e outras autoridades locais.

Um homem de 95 anos e uma mulher de 63 anos ficaram gravemente feridos em ataques separados pelo urso negro asiático em Hakusan, província de Ishikawa, na tarde de sexta-feira.

Dois caçadores do sexo masculino, com idades entre 57 e 72 anos, sofreram ferimentos leves depois de encontrar o animal mais tarde, disse a polícia.

Antes desses incidentes, um carro da polícia foi danificado quando o urso se chocou contra o veículo por trás e furou um dos pneus com as garras. A polícia estava patrulhando a área depois de receber um relatório pela manhã de que o animal havia sido avistado em um centro comercial da cidade.

Após seu ataque ao veículo, o urso fugiu para uma casa onde os caçadores atiraram nele.

De acordo com a polícia, o urso tinha 1,3 metro de comprimento e pesava mais de 100 quilos.

O governo da província de Ishikawa elevou seu alerta de urso ao nível mais alto na semana passada, pela primeira vez em 10 anos, após uma série de relatos de testemunhas oculares sobre o animal.

Os últimos ataques de ursos ocorreram em uma área com campos e casas, a cerca de 6 quilômetros da estação JR Matto. “É assustador. Achei que não encontraríamos um urso porque estamos distantes das montanhas”, disse uma mulher de 40 anos.

Os ursos negros são os únicos selvagens na maior ilha japonesa de Honshu, onde está localizada a província de Ishikawa, enquanto os ursos marrons maiores habitam a ilha principal mais ao norte do país, Hokkaido.

Fonte: Kyodo

Curtir e Compartilhar: