Curtir e Compartilhar:

O ganhador do prêmio Nobel de química, Akira Yoshino, compareceu a um evento organizado pela embaixada do Japão na Suécia.

Yoshino participará da cerimônia de premiação do Nobel que será realizada na segunda-feira (10) em Estocolmo.

O vencedor do Nobel fez um discurso sobre a sensação de receber o Nobel, sobre a sua pesquisa e as contribuições dela para construir uma sociedade mais amigável com o meio-ambiente.

Yoshino começou seu discurso lembrando de sua surpresa ao receber o telefonema internacional vindo da Suécia com o anúncio de sua escolha para o Prêmio Nobel de Química. Ele disse que ainda não teve tempo de pensar sobre a premiação mesmo dois meses depois de ser avisado.

O cientista demonstrou ao público presente as dificuldades encontradas em suas pesquisa, especialmente em relação à segurança das baterias de íon-lítio, o grande tema de suas pesquisas. Yoshino acredita que sua invenção possa ajudar a contribuir na criação de uma sociedade mais sustentável e amigável com o meio ambiente, uma vez que as baterias de íon-lítio tem uma grande vida útil, evitando constantes descartes.

Por outro lado, Yoshino lembra que ele e os outros cientistas envolvidos no projeto também sentem uma grande responsabilidade, pois os problemas provindos das baterias de íon-lítio serão jogados em suas costas.

Curtir e Compartilhar: