Curtir e Compartilhar:

TÓQUIO – A venda de computadores no Japão cresceu pela primeira vez em cinco anos.

A Associação de Eletrônicos e da Indústria de Tecnologia da Informação do Japão (JEITA) divulgou dados informando que 7.398.000 computadores foram vendidos no país no ano fiscal de 2018. O número representa 9,3% de aumento em relação ao mesmo período do ano passado.

O aumento inesperado depois de 5 anos de baixa teve como grande impulsionador a venda de notebooks. A categoria puxou as vendas em 11,2%, contra 3,9% dos desktops.

Os dois principais motivos para o aumento nas vendas foi o fim do suporte da Microsoft ao Windows 7, o que levou muitos japoneses a procurarem um novo computador com o Windows 10, além do aumento do chamado trabalho remoto, que permite aos funcionários trabalhar de casa.

O representante de vendas da Big Camera de Shinjuku, Shota Aida, disse em entrevista à NHK que a venda total de computadores na loja subiu mais de 10% em relação ao ano fiscal anterior e que os modelos mais populares são o de pequeno porte.

Fonte: NHK WEB NEWS

Curtir e Compartilhar: