Curtir e Compartilhar:

Tóquio O ex-treinador da seleção japonesa Zico (65) esteve em Tóquio para participar de uma campanha promocional do McDonald’s.

Apesar de a campanha nada ter a ver com futebol, entre um elogio e outro ao Big Mac e as novidades da rede de fast-food, Zico foi perguntado pelos repórteres sobre a Copa do Mundo da Rússia 2018. Acompanhado de um intérprete, o brasileiro foi primeiramente questionado sobre qual time ele acredita que vencerá o mundial da Rússia. Como não poderia deixar de ser, Zico apostou na seleção brasileira como campeã, com a Alemanha em segundo e a Argentina em terceiro.

A imprensa japonesa, que sempre gostou do ex-jogador e treinador brasileiro, aproveitou a oportunidade para perguntar o que Zico acha e espera da seleção japonesa.

Foto: Soccer-King

O treinador não entrou muito em questões técnicas, mas disse que o Japão, atualmente em má fase, precisa do apoio da torcida para conseguir um bom resultado na Rússia. Zico ressaltou que o apoio da torcida é fundamental nesse momento e que a seleção japonesa precisa muito do empurrão dos milhares de japoneses fãs de futebol e da seleção nacional.

O brasileiro deseja que o Japão avance para a próxima fase e finalizou a entrevista falando em japonês “Nippon! Ganbattekudasai!” (literalmente: “Força Japão!”).

O brasileiro atuou como técnico da seleção japonesa entre 2002 e 2006, tendo assumido o cargo logo após a Copa de 2002. Apesar da eliminação do Japão logo na primeira fase da Copa do Mundo de 2006, a torcida e os cartolas da Associação Japonesa de Futebol (JFA) sempre respeitaram muito o treinador, que em diversas entrevistas também ressaltou a sua gratidão pelo Japão, tanto pela oportunidade jogar pelo Kashima Antlers (1991-1994), quanto pela chance de comandar a seleção japonesa.

Fontes: NEWS 24, Gekisaka, Soccer-King

Curtir e Compartilhar: